Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




A permanente encruzilhada na Guiné-Bissau

por Paulo Gorjão, em 28.02.13
Algumas observações sobre o que penso da actual situação na Guiné-Bissau.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:30

Por mercê

por Paulo Gorjão, em 28.02.13
Queluz (Fevereiro de 2013).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:00

Radicalismo ignorante

por Paulo Gorjão, em 28.02.13
O artista plástico que se lembrou desta aparente analogia revela um enorme calibre criativo e um indiscutível bom gosto. Mais um pouco e também poderia aparecer na Bienal de Veneza.
Por estes dias tenho-me lembrado, em diversos momentos, de uma frase célebre, que supostamente terá sido proferida por Napoleão Bonaparte: "nunca interrompas o teu inimigo enquanto estiver a cometer um erro".
A alminha que se lembrou de enforcar um coelho para fins de protesto político perceberá o alcance do seu gesto? Para além da associação básica, não fosse alguém com um coeficiente de inteligência diminuto não perceber, qual é a mensagem política que pretende transmitir? É apenas um gesto de intolerância cega contra quem se discorda politicamente? Trata-se de um apelo à violência física contra o Primeiro-Ministro? Não é uma nem outra, mas estupidez de um engraçadinho, pura e simplesmente? O dito artista plástico acha que o cidadão comum se revê neste radicalismo ignorante? 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:30

Uma dúvida

por Paulo Gorjão, em 27.02.13
Devem dois -- logo dois! -- ministros fazer comentários em resposta a um editorial de um jornal?
Pessoalmente teria optado por não comentar. Um ministro, na minha opinião, não opina sobre editoriais e comentários de opinion-makers. Mas admitindo uma posição contrária, caramba, o Governo em peso deve responder a um editorial? Ninguém tem a noção do ridículo?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:47

Não é o sistema...

por Paulo Gorjão, em 27.02.13
...judicial, nem é a comunicação social.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:07

Em queda livre

por Paulo Gorjão, em 27.02.13
Setúbal (Fevereiro de 2013).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:30

De acordo

por Paulo Gorjão, em 27.02.13
Merece, sim senhor.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:30

De regresso a bom porto [3]

por Paulo Gorjão, em 26.02.13
Lisboa (Fevereiro de 2013).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:42

Obrigado...

por Paulo Gorjão, em 26.02.13
...Itália...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:16

Old news

por Paulo Gorjão, em 26.02.13
Nada de novo, portanto. A mesma aspiração e o mesmo posicionamento.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:14

Limitação dos mandatos autárquicos

por Paulo Gorjão, em 26.02.13
Há polémicas em Portugal que são para mim um mistério. A discussão sobre a limitação dos mandatos autárquicos é uma delas. Não vejo como a limitação possa incidir sobre a pessoa em vez do território. Tão simples como isto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:34

Lealdade institucional

por Paulo Gorjão, em 26.02.13
Num estado de Direito, poderia ser de outro modo? Chega (quase) a ser surpreendente que tal seja notícia...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:33

Nunca digas nunca...

por Paulo Gorjão, em 25.02.13
A Sonnagol não tem planos para investir mais em Portugal. Em 2012, porém, investiu consideravelmente.
O investimento é mútuo e nos dois sentidos. É por isso que os editoriais patetas do Jornal de Angola não são preocupantes. Entendo-os sobretudo como uma espécie de válvula para libertar vapor acumulado. A importância das relações bilaterais, nos planos estratégico, político e económico, não admite actos de irracionalidade.
Sim, Portugal tem muito interesse na consolidação das suas relações com Angola, mas o contrário -- e por cá isso por vezes parece ser um facto esquecido -- também é verdade. Em suma, chill out...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:49

Retrato

por Paulo Gorjão, em 25.02.13
Setúbal (Fevereiro de 2013).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:40

Portugal e Angola: uma relação intensa

por Paulo Gorjão, em 24.02.13
Em Portugal valoriza-se excessivamente, a meu ver, o editoriais do Jornal de Angola. O texto não é uma surpresa, depois da notícia de ontem no Expresso, e tem uma face para consumo interno em Angola e outra para consumo externo em Portugal. Isto dito, as duas partes sabem que há linhas vermelhas que não podem, ou não devem, ser ultrapassadas. Até agora, tudo se mantém dentro dos limites políticos aceitáveis, ainda que a linguagem seja dura e, porventura, excessiva.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:02

De regresso a bom porto [2]

por Paulo Gorjão, em 24.02.13
Setúbal/Arrábida (Fevereiro de 2013).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:52

De acordo [2]

por Paulo Gorjão, em 23.02.13
Uma das potenciais consequências de tudo isto poderá vir a ser a dificuldade acrescida de remodelar o Governo, razão pela qual não excluiria a possibilidade de, pura e simplesmente, o Primeiro-Ministro optar por manter tudo mais ou menos tal como está até ao final do seu mandato. No mínimo, sem a miragem de um segundo mandato, o leque de disponíveis para integrar o Governo nesta fase diminuiu substancialmente.
Isto dito, nada está ainda decidido.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:45

De acordo

por Paulo Gorjão, em 23.02.13
Também me parece mais complicado, a partir de agora. Não é impossível, mas é mais difícil.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:03

Depende [4]

por Paulo Gorjão, em 23.02.13
Um bom artigo de Bruno Faria Lopes

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:03

O tacho

por Paulo Gorjão, em 22.02.13
O Correio da Manhã, no seu estilo habitual, revela que José Sócrates já arranjou um tacho. Deixemos de lado o colorido da linguagem. A mim interessa-me pouco o que faz Sócrates, salvo por mera curiosidade. Mas como não poderia viver eternamente do ar, mais tarde ou mais cedo o ex-Primeiro-Ministro teria de encontrar um emprego. O que me preocupava, isso sim, era o facto de a mãe andar a pagar as contas. Um gajo, aos 50 anos, já não tem idade para andar a viver da mesada da mãe...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:27

Pág. 1/6



O autor

Paulo Gorjão. Blogging since 2003, de acordo com a norma ortográfica antiga.

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D